Neste projeto assegurávamos proteção a mais de 1.200 trabalhadores que entravam em espaços confinados no centro de petróleo italiano. A liberação de gases tóxicos nestes espaços confinados era uma grande preocupação e constituía um grave perigo para a segurança dos trabalhadores.

No centro de petróleo italiano estivemos envolvidos em um grande desligamento programado para limpar seus separadores de petróleo e gás. Este trabalho durou 2 meses e envolveu 1.200 trabalhadores, empregados pelo cliente para limpar os separadores. A saúde e segurança dos trabalhadores contavam com a nossa experiência para entrar em espaços confinados e manipular gases tóxicos.

Cerca de 40 supervisores estiveram envolvidos neste desligamento, fornecendo ar através de sistemas em cascata, com a finalidade de fornecer proteção de respiração para os trabalhadores da limpeza que entravam nos tanques do separador de gás. O ar respirável era fornecido através de 13 km de linhas de ar instaladas para permitir o acesso simultâneo de cerca de 300 operadores. Ao todo havia 16 racks de 12 cilindros cada, com uma capacidade de 1 milhão e novecentos litros de ar respirável.

Esta foi uma grande operação e um projeto especial, devido à sua complexidade e tamanho, medido em pessoal de segurança e equipamentos de segurança necessários. O desligamento registrou ”0” acidente/”0” incidente.